ABOUT

Thursday, 25 December 2014

Happy Christmas 2014!

Happy Christmas to all, family and friends! And happy birthday baby Jesus! :-)
Feliz Natal para todos, família e amigos! E feliz aniversário bebé Jesus! :-)

(Source/Fonte)


Miss Beta

Friday, 19 December 2014

One Lovely Blog Award

A minha querida Larissa do blogue Blue Pineapple indicou-me para receber "One Lovely Blog Award" e responder a algumas questões relacionadas com o meu blogue. Obrigada Larissa, és uma querida! :-)



1 – Porque decidiu criar um blogue e quando começou?

Decidi criar um blogue no final de Abril de 2014. O meu blogue é muito recente! Leio e sigo blogues há muitos anos e a razão que me levou a iniciar o meu, foi o fato de sentir a necessidade de arquivar de algum modo a minha jornada pelo mundo vintage. Registar a minha aprendizagem na costura e no tricot, para além de pontualmente escrever sobre algum tema pessoal ou de interesse vintage. Assim, de um modo simples e modesto, criar o meu cantinho pessoal, onde posso receber as vossas visitas que tanto me alegra. Cup of tea at my blog? :o)

http://www.pinterest.com/pin/487655465872977950/
 

2 – Quais os benefícios que o blogue te trazem?

A minha vida é um verdadeiro rodopio. Tenho uma vida muito agitada, marcada por constantes acontecimentos fortes e pode tornar-se um verdadeiro caos. O blogue ajuda-me de algum modo a organizar-me e a colocar os pés na terra. Obriga-me a parar e a pensar naquilo que já fiz e no que vou fazer. Coloca uma parte da minha vida em perspetiva, o que me faz raciocinar com clareza sobre o caminho que estou trilhando. Além do mais, aquilo que mais gosto é de ter contacto com as pessoas que comentam os meus artigos simples. Amo pessoas, para mim são uns tesouros que Deus criou. Sim, amo-as mesmo com os seus defeitos :-P

3 – Qual é o post mais visto?

O post mais visto até hoje é o “Knitting away! Finished projects”. Parece que no geral as pessoas gostam de ver o que se anda a fazer. Fico contente que gostem de ver os projectos que realizei, afinal o blog é sobre isso, certo? ;o)

4 – Você usa as redes sociais?

Muito pouco. Uso o Twiter e o Facebook para espreitar os que os meus amigos andam a partilhar com o mundo. Mas não tenho a iniciativa de colocar lá muita coisa, ainda não me consegui familiarizar com as redes sociais. Gosto muito de estar com as pessoas de forma mais pessoal e íntima. Se não poder ser cara-a-cara, então gosto de escrever emails, ou até mesmo cartas. Quem sabe se um dia mudarei?!

5 – Como o blogue tem evoluído?

O blogue têm evoluído lentamente! Por ser relativamente recente e também pelo seu cariz de registo artesanal. Coloco sobre aquilo que já concluí e pouco mais, por isso estou dependente daquilo que faço offline. Como tenho pouco tempo para me dedicar ao blogue, acho que está ótimo a este passo… lento! Mas apesar dos poucos posts, noto uma evolução. Inicialmente, quando projetei o blogue, defini que seria sobre registar os meus passos no tricot e na costura, ou coisas relacionadas com essa temática. Mas com o tempo, fui colocando alguns interesses pessoais e acontecimentos na minha vida. Apesar de me sentir retraída em partilhar coisas íntimas da minha vida, acho que um blogue é sempre mais interessante quando se conhece mais intimamente a pessoa que está por detrás dele. Os acontecimentos que nos marcam fazem de nós as pessoas que somos, não devíamos ter medo de contar alguns desses momentos que marcam a nossa história.

6 – Já viveu algum fato importante por causa do blogue?

O fato mais importante que vivi, foi o "desbloquear" após a morte do meu querido pai. Fiquei completamente bloqueada a todos os níveis com esse trauma, com essa dor de perda. Mas após ter desabafado de modo breve no meu cantinho, desbloqueei e consegui seguir em frente. Fantástico não é! Outro fato importante são as pessoas que vou conhecendo. Algumas tornaram-se as minhas melhores amigas.

http://www.pinterest.com/pin/391179917603684159/
 

7 – De onde nasce a inspiração para escrever e continuar com o blogue?

Ler outros blogues inspira-me a criar e escrever. Vocês são uma inspiração para mim meninas! Divas do nosso tempo! J

8 – O que você tem aprendido a nível pessoal e profissional este ano?

Aprendi que a nível pessoal, partilhar algumas das nossas fragilidades com o mundo ajuda-nos a superar de grandes traumas. Tenho aprendido toneladas de coisas em tricot, novos pontos, novas técnicas, moda vintage. Assim como em costura, aprendi a costurar as minha próprias roupas! Fantástico! J

9 – Qual é a sua frase favorita?

A minha frase favorita vem de uma blogueira portuguesa, Rosa Pomar “Fazer é Poder”! É assim mesmo que eu sinto quando termino uma peça de roupa. Sensação maravilhosa de sentir que tenho o poder nas minhas mãos de criar algo belo.

10 – Que conselho você daria para quem está a começar agora no mundo dos blogues?

Seja autêntica, pense por você mesma mesmo que se inspire noutras pessoas. Todos se inspiram em alguém, não há mal nisso, mas há que dar a nossa perspetiva pessoal. Isso torna as coisas interessantes. Mostrar o mundo pelos teus olhos! Mencionar sempre onde se inspirou, onde vão buscar a informação e as imagens, isso é o correto. Respondam aos comentários que foram publicados com carinho no seu blogue. Vocês quando recebem alguém em vossa casa não lhe dirigem a palavra? Seria muito falta de gentileza não é? Então, um blogue é um pouco da nossa casa, mas virtual. Seja cortezes. Deixo-vos aqui um link de um artigo muito bem elaborado  sobre este assunto, pela mão da minha querida Jessica do blogue Chronically Vintage.

11 – O que você e os blogues que vai indicar têm em comum?

Apesar de sermos blogueiras muito diferentes, aquilo que temos em comum é sermos mulheres guerreiras, pessoas espontâneas e verdadeiras, e que amamos o vintage! Is that good enough?! :-P

Para mim seria absolutamente delicioso poder ler as respostas a estas questões pelas blogueiras Inês e Cris. O blogue da Inês “Madame Turbante” conheço bem e tenho saudades de o ler. E o blogue da Cris “Mix da Cris Retrô” conheço menos e gostaria de ver as respostas para ficar a conhecer melhor. Muitos dos blogues também pertenceriam a esta lista se já não tivessem sido indicados! ;-)

http://www.pinterest.com/pin/89368373827269557/
 
 
Espero que tenham gostado...
Now, I have something to make, do and mend! :o)
 
 
Até breve! Um grande beijinho a todas x
 
Miss Beta
 
{click on each photo for images source}


Monday, 24 November 2014

Knitting away! Finished projects

Many months ago, I purchased a vintage knitting machine, pink and cream, a real cutie. It came with broken pieces and the needles were totally rusty - a mess. With patience, I token it all apart, clean it, fixed all the broken pieces, toke the rust of the needles, et voilá! Working again :)

Há muitos meses atrás, comprei uma máquina vintage de tricotar, rosa e creme, um amor. Veio com peças partidas e as agulhas estavam com imensa ferrugem - uma desgraça. Com paciência, abri a máquina, limpei, arranjei as peças partidas, tirei a ferrugem das agulhas, et voilá! A trabalhar :)
Everything is very slow, we still have to make many things manually on this Singer Magic Memory

Have I ever machine knitted? Nup, never had a knitting machine on my hands before. I'm just curious like a cat! ... oh dear, talking about felinus just reminded me of my dream from last night - a massive jaguar entered our house and I got really brave and dominated the beast, can you believe it? hahaha :o) . Anyway, back to reality, here is my first attempt on jumper, after the machine being sitting there for many months without use. The pattern came from amazing knitter Lucy, that runs the blog 1940's Style For You, that kindly gave this pattern away on her blog. Because was my first garment on the knitting machine, I got the gauge wrong and the sweater is a little too big for me. So, I intend to cut and sew to learn this technic that I never used before, and that can be quite handy... but I hadn't courage yet! I need to add shoulder padds once is ready, to look like the original, although I made the neck line and sleeves different from the original. It's lovely but doesn't fit!

Já alguma vez tricotei à máquina? Não, nunca tive uma máquina de tricotar em mãos. Mas sou curiosa como os gatos! ... Falando em felinos, lembrei-me do sonho de ontem à noite - um jaguar enorme entrou na nossa casa e eu ganhei coragem e fiquei muito valente dominando a besta, acreditam? hahaha :o) . De qualquer modo, voltando à realidade, aqui está a minha primeira tentativa numa camisola, após a máquina ter ficando a um canto meses sem uso. A receita veio da fantástica tricotadeira Lucy, do blogue 1940's Style For You, que simpaticamente deu esta receita no seu blogue. Por ser a minha primeira peça tricotada à máquina, errei o tamanho dela e ficou um pouco grande para mim. Por isso, tenho intenção de a cortar e cozer, para aprender esta técnica que nunca usei antes, mas que pode ser bastante útil... mas ainda não tive coragem! Preciso de adicionar enchumaços quando estiver pronta, para parecer mais com a original, embora tenha feito o decote e as mangas diferentes do original. É amorosa mas não me serve!

Other project that was finished was a cute striped cardigan, with a matching skirt and long stockings. The cardigan and long stockings were based on vintage patterns from the 40s, adapted to Bunny's idea. Bunny Rogers, an artist from New York City, USA, wore it at her exhibition closing in Berlin. I saw some of her things and she is an incredible young artist. She has a huge heart and beautiful soul, and that appears on her art. I love you Bunny! <3 :)

Outro projeto acabado foi um casaquinho muito fofo às risca, com uma saia a combinar e meias altas. O Casaco e as meias foram baseados em receitas dos anos 40 adaptadas à ideia da Bunny. A Bunny Rogers, é uma artista de Nova Iorque, dos EUA, usou este conjunto para o fecho da sua exibição em Berlim. Vi algumas coisas dela e ela é uma jovem artista incrível. Tem um enorme coração e uma alma linda, que transparence na arte dela. Amo-te Bunny! <3 :)

Sketches from Bunny

Another Miss Marple´s sweet key-hole scarf was made for lovely Amy from Dallas, USA! Thank you Amy :)

Outra gola à Miss Marple fofa, foi feita para a querida Amy de Dallas dos EUA! Obrigada Amy :)


I also made a sweet garment for my dear friend Jessica from Chronically Vintage Blog... But that, you will have to wait to see it! She will be posting on her blog in some time after the festivities, yeah! ;o)

Também fiz uma peça para a minha querida amiga Jessica do Chronically Vintage Blog... Mas isto, terão de esperar para ver! Ela publicará no seu blogue após algum tempo depois das festividades, yeah! ;o)

I wish you an incredible gorgeous week!
Desejo a todos uma incrível e deslumbrante semana!

Miss Beta

Tuesday, 4 November 2014

On land of Provence, Marseille!

In October we went to Marseille to visit Greg's family. It was very nice of Greg´s father and his dear wife Marli to invite us to their house and to buy us a fly ticket. And Greg had the opportunity to be with his brother. Was our first time in this town. I know many places in France but I never went to Marseille before. For some reason it didn't look like France to me! Is a multicultural city, the traffic is chaotic, I didn't find it a pretty place and the streets are very destroyed and dirty. Okay, okay... I did like a few things! The people were very lovely, truly friendly, always ready for a smile. It had lovely food markets from other cultures and I love that. My little men loved the banana juice from a Arabic market! It isn't an expensive place. Have many vintage markets and apparently many vintage shops, although I didn't had the opportunity to "vintage hunt". It has Marseille soap and everything - what do you want more?! :O) Well, one thing that upset me was the fact that many museums were shut. And the one that I was particularly interested in was closed for a long time and it will only open next year - Museum Cantini. This museum has a permanent collection with paintings from around 1907 to 1941, from Fauvism, pre-Cubism, Cubism, Purism, Surrealism. What a shame I've missed it.  But I had a tempting invitation from a lovely lady from England, she said "come to London! Everything is open!" :O)

Em Outubro, fomos a Marselha visitar a família do Greg. Foi muito gentil da parte do pai do Greg e da sua querida esposa em nos convidarem para sua casa e nos oferecerem um bilhete de avião. E o Greg teve oportunidade de estar com o irmão. Foi a nossa primeira vez nesta cidade. Conheço muitos lugares em França mas nunca tinha estado em Marselha antes. Por alguma razão não me pareceu França! É uma cidade multicultural, com trânsito caótico, não achei muito bonito e as ruas estavam muito destruídas e sujas. Ok, ok... gostei de algumas coisas, tá! As pessoas são uns amores, muito simpáticas e sempres prontas para um sorriso. Tinha mercados de outras culturas e eu amo isso. O meu petiz perdeu-se de amores com o sumo de banana do mercado árabe! Não é um lugar caro. Acontecem muitas feiras vintage e aparentemente tem muitas lojinhas vintage, embora eu não tenha tido oportunidade de explorar e ir a "caça de tesouros". Tem sabão de Marselha e tudo! O que é que vocês querem mais?! :O) Bem, uma coisa que me aborreceu, foi o facto de muitos museus se encontrarem fechados ao público. E o museu que eu estava particularmente interessada em visitar estava fechado há já bastante tempo e só volta a reabrir portas para o próximo ano - Museu Cantini. Este museu tem uma coleção permanente com pinturas desde 1907 a 1941, desde Fauvismo, pré-Cubismo, Cubismo, Purismo e Surrealismo. Que pena ter perdido. Mas tive um convite tentador de uma senhora inglesa, que disse. "Venham a Londres! Está tudo aberto!" :O)


Happy family... although they look very serious :o)
We went up to see the Basilica Notre Dame de La Garde 

Inside of the Basilica everything shine, the byzantine mosaics were very pretty.
Beautiful view over town from the Basilica
Down town had a pretty Marina
This shop was full of yummy things in pretty parcels. I loved the vintage propaganda!
One of my favourites - the vintage carousel!
My little men was very upset when we walked away from this fun piece.
Has you can see, I wear a lot my first sewn skirt! I need another one ;o) 
In front of the Marina had this huge mirror. When we look up gives the impression of being in water
 
Bye Bye Marseille! See you next time... and this time, with time ;o)
Adeus Marselha! Até para a próxima... e desta vez, com tempo ;o)
 
Au revoir! Et bon chance :)
 
Miss Beta



Monday, 29 September 2014

Simplicity 1668 floral dress


OUTFIT DETAILS

DRESS - Made by me
SHOES - Vintage from 1940s (Etsy)
HAT (on down photos) - Vintage from 1940s/50s (Etsy)
PURSE - I have it since 90s


Gosh... it was a long time since I wrote my last blog post. After dad passed away I froze and couldn't socialize for a long time. I dove deep into a dark blue water of a vast Ocean and was there for a long time. But I made some crafting. I've been knitting, sewing, reading and praying. Thank God I wasn't depressed, I was just very introspective. That happens sometimes with me, when I need to put everything into perspective.

Meu Deus... já faz bastante tempo desde a última vez que escrevi aqui no blog. Depois do meu pai ter falecido, congelei e não consegui socializar por muito tempo. Mergulhei bem fundo num vasto Oceano de água azul escura e fiquei lá por muito tempo. Mas fiz algumas coisas. Tenho tricotado, costurado, lido e orado. Graças a Deus não fiquei depressiva, somente bastante introspectiva. O que acontece algumas vezes comigo quando preciso colocar tudo em perspectiva.


I thought it was the right decision to post about this dress now. The day my dad passed away I was sewing this dress when the phone rang... So, I couldn't finish this project for a very long time because it just reminded me of the pain that I went through on that day that my dear father left us.

Pensei que seria a escolha certa postar sobre este vestido agora. No dia em que o meu pai faleceu estava a costurar este vestido quando o telefone tocou... Portanto, não consegui terminar este projecto por muito tempo, porque simplesmente lembrava-me a dor que passei no dia em que o meu pai nos deixou.


Three months later here it is, the finished project. This is my second sewing project and my very first dress! I encountered many difficulties and I think I should chosen a easier dress. But now it's done, and to tell the truth I'm quite satisfied with the final result. But oh boy... if I need to master those lines! :O)

Três meses depois aqui está ele, o projecto terminado. Este é o meu segundo projecto de costura e o meu primeiríssimo vestido! Encontrei muitas dificuldades e penso que devia ter escolhido um vestido mais simples. Mas agora está feito, e para dizer a verdade estou bastante satisfeita com o resultado final. Mas menina... se preciso dominar aquelas linhas! :O)


The dress is the scalloped edge one from Simplicity 1668, from the forties. Is feminine and fun!

O vestido é o das bordas recortadas da Simplicity 1668, dos anos 40. É feminino e divertido!


I planned to show you each step while I was sewing it. But I lost all my will power, my dear readers. Sorry. But you can see above how I spread the pieces and then I traced them out on the fabric with a pencil.

Planeava mostrar todos os passos do projecto em quanto fazia. Mas perdi a vontade toda, meus queridos leitores. Desculpem. Mas podem ver em cima como espalhei os moldes e depois tracei no tecido com lápis.


The fabric is a lovely medium weight cotton. Easy to cut and to sew. And the flowers are so lovely!

O tecido é de um algodão maravilhoso. Fácil de cortar e de costurar. E as flores são tão queridas!


One of the difficult parts for me was doing the gatherings. But it was fun to learn!

Uma das partes dificeis para mim foi fazer os franzidos. Mas foi bastante divertido de aprender!


I would like to have taken photographs outdoors in the garden but has been gray sky and rainy. But on the next Spring I will have more opportunities. I can wear these accessories above, hat, purse, shoes, belt and flowers on my hair of course! One of my favorite hats are the conical ones from the 40s and 50s! This one is vintage of course. Looks well with a cute straw purse like the one shown above, vintage inspiration.

Gostaria de ter tirado fotografias num jardim lá fora, mas o tempo tem estado cinzento e de chuva. Mas na próxima Primavera terei mais oportunidades. Poderei usar com estes accessórios em cima, chapéu, mala, sapatos, cinto e flores no cabelo claro! Um dos meus chapéus favoritos são os cónicos dos anos 40 e 50! Este é vintage claro. Fica bem com malas de palha como esta em cima, de inspiração vintage.




Certainly this dress will be one that has a strong mark on it. Is my first dress as a sewing project and will carry strong memories with it. Let's see which type of memory and what new feelings will bring me next year!

Certamente este vestido será sempre marcante para mim. É o meu primeiro vestido como projecto de costura e carrega memórias fortes com ele. Vamos ver que tipo de memória e que novos sentimentos trará para o próximo ano!



Miss Beta xx

Wednesday, 9 July 2014

See you soon daddy...

OUTFIT DETAILS
DRESS - vintage from Japan 60s/70s
SHOES - modern shoes but look very fifties
NECKLACE - vintage from mom, 1950s
Not many of you know, but my dear dad passed away two weeks ago, on the 24th of June. That's the cause of my silence on the blogosphere. This happening affected me profoundly and stopped me from reading my favourite blogs. I decided to write about the subject to help me to get through this, to step forward and let it go. It's still hard to believe that he isn't around anymore with his strong laughter, with his sharp sense of humour, with his warm hug and his strong spirit. It´s impossible to write this without tears rolling down my face... is so painful for me.

Não muitos de vocês sabem, mas o meu querido paizinho faleceu há duas semanas, no dia 24 de Junho. Esta é a causa do meu silencio na blogosfera. Este acontecimento afetou-me profundamente e parou a leitura dos meus blogs favoritos. Decidi escrever sobre o assunto para me ajudar a passar por isto, dar um passo em frente e deixar ir. Ainda é difícil acreditar que ele não se encontra mais aqui com a sua gargalhada forte, com o seu aguçado sentido de humor, com o seu abraço apertado e de espírito forte. É impossível escrever isto sem lágrimas a correr pelo meu rosto... é tão doloroso para mim.
This was my father in the fifties, belongs to my mom

Gosh... after so long fighting for him. I done everything that I could, the possible and many times the impossible too, just to save him from illness and to give him the chance to live a little more. Some of you know that my life was centred around looking after my parents and my baby. Once you give yourself in this way, choosing to do everything for someone, your precious time, your effort, your energy, your e.v.e.r.y.t.h.i.n.g., then is very hard to accept this final end. My dear readers, I am not the owner of life... the final word is not mine. Some of you know that I am a Christian and I believe my dad is resting in peace, till the day we meet again. That's my hope.

Caramba... depois de uma longa luta por ele. Fiz tudo o que podia, o possível e muitas vezes o impossível também, só para salva-lo da doença e para lhe dar a chance de viver um pouco mais. Algumas de vocês sabem que a minha vida era centrada em tomar conta dos meus pais e do meu bebé. Quando nos entregamos deste modo, escolhendo fazer tudo por alguém, dando o nosso tempo precioso, o nosso esforço, a nossa energia, o nosso t.u.d.o., então é muito difícil de aceitar este final. Minhas queridas leitoras, eu não sou a dona da vida... a palavra final não é minha. Algumas de vós saberão que sou Cristã e acredito que o meu pai descansa em paz, até que um dia o encontre outra vez. Esta é a minha esperança.

My mother tried to clean it and broke it 

In spite of my pain, it was God's wish to give me a beautiful farewell before dad departed this world. Two days before it happened, I drove out of town to my sister's house. I went with my husband, my child and my mom. My sister and my brother-in-law got my father from the facility care's house and we got all together. We had such a magical time together! We had lunch, joined around the table for a wonderful time in family. After, we laid down my parents on the big couch for a tiny siesta and they could hold hands together. Me and my sister were right close to them chatting away quite happily. I had travelled back in time to when I was a child... and I felt that wonderful family communion just like when I was a kid. It was so magical and special! It was so sublime... but I felt right at the bottom of my heart it was a farewell. So when I got the call from the facility care's house two days later telling me that he went to the Hospital, I knew it... daddy wasn't coming back. The time I spent in Hospital while they tried everything to save his life was the most difficult time I had in my entire life. I felt so tiny, so impotent. I couldn't even enter his room to hold his hand and tell him that everything was going to be okay.

Apesar da minha dor, foi o desejo de Deus dar-me uma linda despedida antes de o meu pai partir deste mundo. Dois dias antes de acontecer, conduzi para fora da cidade até a casa da minha irmã. Fui com o meu esposo, o meu menino e a minha mãe. A minha irmã e o meu cunhado foram buscar o meu pai à residência de idosos e juntamo-nos todos. Tivemos um momento tão mágico juntos! Almoçamos, juntamo-nos à volta da mesa para um momento maravilhoso em família. Depois, deitámos os meus pais no sofá grande para uma pequena sesta e eles puderam dar as mãos. Eu e a minha irmã ficámos bem pertinho deles conversando alegremente. Viajei atrás no tempo até quando eu era criança... e senti aquela doce comunhão em família mesmo de quando era pequena. Foi tão mágico e especial! Foi sublime... mas senti no fundo do meu coração que era uma despedida. Então, quando recebi o telefonema da residência de idosos dois dias após a dizerem que o meu pai tinha sido hospitalizado, eu sabia... o paizinho não ia voltar. O tempo que passei no Hospital enquanto eles tentavam tudo para salvar-lhe a vida, foi o tempo mais difícil da minha vida. Senti-me tão pequena, tão impotente. Nem podia entrar na sala onde ele se encontrava, para segurar-lhe a mão e dizer-lhe que tudo iria ficar bem.

Mom, dad, my little boy and me.
This photo was from the magical day... farewell 

Dad was know by being someone with a very strong will, the most generous and helpful person that most people met, he was cheerful with an amazing sense of humour, creative, very very punctual and always the first doing everything. Known as a superb kitchen Chef, he cooked for many famous people such as Prince Charles and Princess Diana from Great Britain. I had a great relationship with him when I was a child, he was so much fun and I was always very close to him. He had an amazing life story that I must tell you one day, the many adventures that José de Almeida told me when I was just a little child sat on his lap.

O meu pai era conhecido por ser uma pessoa com uma grande força de vontade, a pessoa mais generosa e prestável que conheceram, era super alegre com um grande sentido de humor, criativo, muito, mais muito pontual e era sempre o primeiro a fazer tudo. Conhecido como soberbo Chef de cozinha, cozinhou para muita gente famosa, assim como o Príncipe Charles e a Princesa Diana da Grã-Bretanha. Tive uma relação maravilhosa com ele em criança, era tão divertido e eu era muito chegada a ele. Ele teve uma estória de vida incrível que um dia tenho de vos contar, as muitas aventuras que o José de Almeida me contou, quando eu era só uma pequena criança sentada no seu colo.
In the garden

Back home, with my little boy.
I was wearing Madame Turbante's turban and vintage saddle shoes

I wanted to show Jessica the Airedale brooch 1930s/40s from Cronically Vintage shop

If I did start this post with tears I end it up with a smile. It seems that writing a little about it comforted my heart. Thank you to everyone that gave me a strong hug, even if not in person. Thank you so much...

Se comecei este post com lágrimas, termino com um sorriso. Parece que escrever um pouco sobre o assunto confortou o meu coração. Obrigada a todos que me deram um abraço forte, mesmo que não em pessoa. O meu muito obrigada...

As you see I was rather happy on that farewell day and even toke a selfie!
1930s/1940s sterling silver heart shaped locket necklace from Cronically Vintage

See you soon daddy...
Até breve paizinho...

Miss Beta

Friday, 23 May 2014

Miss Marple Key-hole Bow Scarf

In the last couple of days the weather is more like Autumn, it's raining and the temperature dropped down. I love to knit on these days! And I was happy knitting away these pretty bow scarves for these super friendly wonderful people: Danielle from United States and Frith from New Zealand! Thank you girls to give me the chance to knit you these darling bow scarfs. I loved all the communication between us and I was so glad and feel privileged to meet you nice people.

Nos últimos dias o tempo tem sido mais Outonal, chove e a temperatura desceu. Eu amo tricotar em dias assim! E estive a tricotar toda feliz da vida estes cachecóis-laço para estas super simpáticas meninas: Danielle dos Estados Unidos e a Frith da Nova Zelândia! Obrigada meninas, por me terem dado esta oportunidade de vos tricotar este queridos cachecóis-laço. Amei toda a comunicação entre nós e sinto-me super contente e privilegiada de vos ter conhecido, boa gente.

These two are going to Danielle

Actually I finished this one today and is going to Frith

This cute key-hole bow scarf were named Miss Marple's after a fictional character from a Agatha Christie, a very sharp lady on the thirties that sported this knitted accessory. You can find them with slightly variations mainly on the thirties, forties and on the fifties. They are super cute!

Estes fofos cachecóis-laço são chamados de Miss Marple após do personagem de ficção de Agatha Christie, uma senhora muito sagaz dos anos trinta que usava este acessório de tricô. Podem encontrá-los com pequenas variações principalmente nos anos trinta, quarenta e cinquenta. São amorosos!

http://img.dailymail.co.uk/i/pix/2007/09_04/MarpleDM2809_468x635.jpg
Miss Marple sporting her bow scarf :-)

If you know how to knit, this is a nice quick project to make. And for those that would love to know how to knit, this is a cute and fun project to start learning! I let you here some links for some free patterns for these cutties. My bow scarf is a mixture of those, I ended up by doing my own pattern. If you need help with something just drop me a line! ;-)

Se sabem tricotar, este é um projeto muito giro e rápido de fazer. E para quem gostaria muito de saber fazer malha, este é um projeto amoroso e super divertido para começar a aprender! Deixo-vos aqui alguns links para algumas receitas grátis para estas fofuras. O meu é uma mistura destes, acabei por fazer a minha própria receita. Se precisarem de ajuda com alguma coisa é só apitar! ;-)


Thank you all the nice ladies that provided the patterns!
Have a nice weekend! Bom fim de semana!

Miss Beta

{click on Miss Marple's photo for image source}

Wednesday, 14 May 2014

Vintage color photography and the amazing tri-color carbro process

I know most “vintage” people loves black & white photography, but although I love it very much, I totally fall for antique color photos. So, after reading a post about Nickolas Muray on Lucky Lucille's by dear Rochelle, I had to write on a very summarized way about color photographs of the old times. Or better, about my favorite color process, the Tri-color carbro process! These colors inspire me so much...

Eu sei que a maltinha “vintage” adora fotografia a preto & branco, mas embora eu goste muito desta, eu fico caidínha por fotografias antigas a cor. Por isso, depois de ler o post sobre Nickolas Muray no Lucky Lucille pela querida Rochelle, eu tinha de escrever, de forma muito sumarizada, sobre fotografia a cores dos velhos tempos. Ou melhor, sobre o meu favorito processo a cor, o processo carbro a 3 cores! Estas cores inspiram-me tanto...  
http://www.library.hbs.edu/hc/naai/05-challenge-of-color.html
Print by James N. Doolittle, 1934

In spite of some people that seam to ignore it or never noticed, photography in color exists for a long time now.  For example, Kodachrome color film was introduced by Eastman Kodak in 1935! First in film and months later in photography. But about Kodachrome I will talk about on another time. Shall we talk about the three color carbro process! Well, more than a decade before 1935, accordingly with Paul Martineau, a subtractive color process was developed which created vivid prints from black & white negatives. This process was very expensive and technical demanding, and not many people could master it, but that produced highly saturated and permanent color prints that achieved an unbeatable quality that lasts till now.


Apesar de algumas pessoas parecerem ignorar ou nunca terem reparado, fotografia a cores já existe há muito tempo. Por exemplo, o filme a cores da Kodachrome foi introduzido por Eastman Kodak em 1935! Primeiro em filme e meses depois em fotografia. Mas sobre Kodachrome falarei numa outra altura. Falaremos sobre o processo carbro a três cores! Bem, mais de uma década antes de 1935, de acordo com Paul Martineau, um processo a cores subtrativo foi desenvolvido que criava impressões vividas a partir de negativos a preto & branco. Este processo era muito caro e exigente tecnicamente, e não eram muitas pessoas que o dominavam, mas que produzia impressões permanentes a cores altamente saturadas que alcançaram uma qualidade imbatível que dura até hoje.

Nickolas Muray
Print by Nickolas Muray, 1930s

This process consisted in photographing three negatives through red, green and blue filters. Then these were printed on three carbon tissues made of pigmented gelatin, each one containing the colors cyan, magenta and yellow. They dissolved that gelatin from the tissue in warm water, leaving a colored relief image that is thickest where it received the strongest exposure. Then the three images were transferred, one at a time, on the final paper. This is very summarized, because the process is far too complicated for us, simple humans, to understand. To whom has been in the dark room, knows that technique, precise timing, calculations, and profound knowledge about color, requests skill, knowledge and a lot of experience.

Este processo consistia em fotografar três negativos através dos filtros vermelho, verde e azul. Depois estes eram impressos em três papeis de carbono feitos de gelatina pigmentada, cada um contendo as respetivas cores, ciano, magenta e amarelo. Dissolviam então a gelatina do papel em água morna, deixando um relevo colorido que era mais grosso onde tinha recebido uma exposição mais forte. Então, estas três imagens eram finalmente transferidas, uma de cada vez, para o suporte final. Isto, muito sumarizado, porque o processo é deveras complicado para nós, simples humanos, de compreender. Quem já revelou fotografias sabe que a técnica, os tempos precisos, os cálculos, e o conhecimento profundo da cor, requer perícia, conhecimento e muita experiência.
http://www.be-hold.com/themes/color/jean-cagney/
Jean Cagney by Harry Warnecke, 1943

Some photographers, such as Richard C. Miller, assumed to take an entire day to produce one print. So this type of color photos weren't for amateurs. These beautiful prints were mostly seen in magazines such as Vogue, museum exhibitions, celebrity photographs and expensive advertise. The initial costs were around $125/$150 per photo, but many of the top photographers in the 30s and 40s could ask for final prices from $300 to $1000 per print.

Alguns fotógrafos, assim como Richard C. Miller, assumiram que levava um dia inteiro para produzir uma única impressão. Por isso, este tipo de fotografias a cor não eram para amadores. Estas impressões maravilhosas eram vistas principalmente em revistas como a Vogue, em exibições em museus, fotografias de celebridades e anúncios caríssimos. Os custos iniciais eram de $125/$150 por fotografia, mas muitos dos grandes fotógrafos nos anos 30s e dos anos 40s podiam pedir por preço final valores de $300 a $1000 por imagem.
http://tarahanks.files.wordpress.com/2010/10/mm22128000445.jpg
Marilyn Monroe by Richard C. Miller, 1946

It was so expensive, and needed so much technical skill to control the color that many times people thought was unrealistic color.  Kodachrome color photography was more realistic and affordable. But dear gals, is this unrealistic color that makes the magic for me! Very artistic. Enjoy the amazing works of some of the masters of tri-color carbro process in the 30s and 40s!

Era tão dispendioso, e necessitava tanto de habilidade técnica para controlar a cor, que muitas vezes achavam que essa cor era irrealista. A fotografia por filme da Kodachrome era bem mais realista e acessível. Mas queridas meninas, é esta cor irrealista que faz a mágica para mim! Muito artístico. Apreciem estes trabalhos fantásticos de alguns dos grandes mestres do processo carbro a três-cores dos anos 30s e 40s!
http://tarahanks.files.wordpress.com/2010/10/marilyn_k4x5_redsuitinsurf_16x20.jpg
Marilyn Monroe by Richard C. Miller, 1946
http://1.bp.blogspot.com/-FKceCi9eKGg/TjBfSVB4k1I/AAAAAAABd_U/9SN3Bqd0qYA/s1600/Marilyn+Monroe+by+Richard+C.+Miller
Marilyn Monroe by Richard C. Miller, 1946

https://www.flickr.com/photos/george_eastman_house/sets/72157611386593623/with/3122875541/
Print by Nickolas Muray, 1941

http://www.timeoutistanbul.com/en/artculture/article/2539/Pera-Museum-shows-the-colourful-career-of-Nickolas-Muray
Print by Nickolas Muray

http://chantonssouslapluie.files.wordpress.com/2014/01/ginger-rogersjpg.jpg
Ginger Rogers (not sure if it by Nickolas Muray)

http://www.all-art.org/20ct_photo/Muray5.htm
Gene Tierney by Nickolas Muray, 1949

http://www.luminous-lint.com/imagevault/html_41501_42000/41552_std.jpg
Frida Kahlo by Nickolas Muray, 1946

http://www.be-hold.com/themes/color/marie-wilson/
Marie Wilson by Harry Warnecke, 1946

https://www.flickr.com/photos/george_eastman_house/sets/72157611386593623/with/3122875541/
Print by Nickolas Muray for McCall Magazine, 1939

In the XIX century if someone wanted a colored photograph, asked to do it by hand on a good black & white photo, something that lasted till the XX century. I remember to see gorgeous photos when I was 16 when I went to Germany to spend my Christmas there. My sweet Helga showed me beautiful pictures colored by hand by her father. These images from the beginning of the 30s were simply amazing. I wish I could share them with you! Anyway, nothing compared with the color of these amazing photographs shown here today.

No século XIX quem queria uma fotografia colorida, mandava colorir à mão uma boa cópia de uma fotografia de preto & branco, algo que durou até ao século XX. Lembro-me de ver fotografias lindas quando nos meus 16 anos fui passar um Natal à Alemanha. A minha querida Helga, mostrou-me lindas fotografias coloridas à mão pelo pai dela. Estas imagens do inicio dos anos 30 eram simplesmente espetaculares. Quem me dera poder partilha-las com vocês! De qualquer modo, nada comparado com a cor das incríveis fotografias mostradas aqui hoje.


https://www.flickr.com/photos/george_eastman_house/sets/72157611386593623/with/3122875541/
Print by Nickolas Muray for McCall Magazine, 1940

I hope that these color pictures that translate so much beauty had inspired you so much as they inspired me! :-)

Espero que estas imagens a cores, que traduzem tanta beleza, vos tenham inspirado tanto quanto a mim! :-)

Miss Beta

 {click on each photo for images source}